Premiação encerra exposição de Rubens Paiva

Estudantes da Escola Estadual Jornalista Rodolfo Fernandes se apresentaram

Sexta, 29 de Maio de 2015, 13:27 h

Os olhares atentos dos alunos da Escola Estadual Jornalista Rodolfo Fernandes durante a cerimônia de premiação e encerramento da exposição sobre o Rubens Paiva mostra o interesse que a história do engenheiro gerou nos estudantes.

Após uma semana em cartaz, a exposição foi encerrada no dia 28/05 com uma emocionante cerimônia, que contou com a palestra de Nadine Monteiro Borges, a advogada e ex-presidente da Comissão Estadual da Verdade do Rio.

Nadine falou sobre as torturas realizadas pelo Regime Militar e traçou um paralelo com as mortes que ainda acontecem atualmente com a população pobre nas cidades brasileiras.

“Todo mundo conhece o nazismo. Hoje, não é admissível que um prédio na Alemanha tenha o nome do Hitler, certo? Mas isso só acontece porque os crimes foram investigados, as pessoas sabem o que aconteceu. Aqui no Brasil, não. As pessoas não conhecem. Precisamos conhecer para que não se repita. Não deixem falar que a vida era melhor na época da Ditadura”, disse Nadine.

 

Emoção

No entanto, o momento mais importante do evento foi a premiação dos alunos que participaram do concurso de redação sobre Rubens Paiva. A aluna do 2º ano Juliana Victoria Soares de Souza escreveu um poema sobre o engenheiro e ganhou um tablet.

A estudante, que diz que quer ser engenheira e jornalista, contou que a sua inspiração veio do teatro.

“Eu já trabalho com teatro e televisão e, nessa área, o improviso é muito importante. Então, eu fui escrevendo cada dia um pouquinho, na aula, no trabalho”, contou ela, que além de estudar, também trabalha como atendente em uma lanchonete. “Isso foi muito bom, não só para mim, mas para toda a escola, porque estou carregando o nome da escola”.

Um grupo de alunos fez uma apresentação de hip hop com o tema “O Petróleo é Nosso” e sobre a história de Rubens Paiva.

Além disso, Vitória Cristina e Eric Douglas, ambos do 2º ano, apresentaram a música escrita por Vitória e com melodia de Eric. Luan Oriente, também do 2º ano, cantou com os amigos, em um dueto que emocionou os presentes.

O professor de história Amarildo Pinto também ganhou um tablet e a escola foi presenteada com o livro “1964 na Visão do Ministro do Trabalho de João Goulart”, de Almino Affonso.

 

Rubens Paiva

De Juliana Victoria Soares de Souza

Quem foi ele?

Talvez o réu? Talvez a vítima?

Qual o teu nome? Quem é esse homem?

Lutou, Conquistou, Morreu.

 

E mesmo a ponto de perder a vida,

Se manteve mudo diante da repressão.

E retumbante diante de todos:

“Entrei no Brasil, estou no Brasil, vou ficar no Brasil”

 

E olha que ironia, ser acusado de fugir em um fusquinha

Angústia, aflição, tortura.

Coitada de Maria presa com sua filha.

 

E o que foi feito do bélico?

Morto talvez?

Mas um lutador não morre. É perpetuado.

 

 

 

Música sobre Rubens Paiva

Letra: Vitória Cristina

Música: Eric Douglas

Confesso que eu nunca me interessei em saber de você
mas algo me chamou atenção  e eu nem sei o que
a sua historia chegou até a mim, deixou perguntas sem fim
então comecei a pesquisar e a me interessar.

2x{Rubens Paiva esse nome é familiar em alguns lugares eu  já ouvi falar, pode acreditar esse cara fez história}

E parte dela eu vou contar...

Eu já sei eu mesma quero contar, já comecei e não vou querer  parar, na moral, esse cara era profissional...
Então... agora eu vou resumir se eu contar tudo garanto não vai caber aqui   
ele era casado pai de 5 filhos algumas profissões inclusive foi politico..
mas na verdade a que ele seguiu foi engenheiro civil

Legal... Você sabe o que aconteceu? O seu mandato foi cassado e ele se escondeu
Se passaram nove meses deveria viajar com destino a Buenos Aires 
Rubens Paiva esse nome é familiar em alguns lugares eu  já ouvi falar, pode acreditar esse cara fez história
Rubens Paiva!


Esse cara foi esperto,  ia comprar cigarro só pra sair de perto
embarcou no outro voo com  destino a São Paulo
e voltou para a família
Escuta ai o que ele disse
"ENTREI NO BRASIL,ESTOU NO BRASIL E VOU FICAR NO BRASIL"
2x{Rubens Paiva esse nome é familiar em alguns lugares eu  já ouvi falar, pode acreditar esse cara fez história

E aeronáutica toda armada entraram em sua casa e adivinha? Prenderam Rubens Paiva!         
O tempo foi passando muitas coisas aconteceu Rubens Paiva torturado até que ele morreu
Em sua homenagem repito o que ele disse !
"ENTREI NO BRASIL,ESTOU NO BRASIL E VOU FICAR NO BRASIL"
2x{Rubens Paiva esse nome é familiar em alguns lugares eu  já ouvi falar,pode acreditar esse cara fez história.

 

                                           

 

Voltar