Café & Política discute crise econômica

Jandira Feghali e Valter Pomar falaram sobre os rumos do Brasil e da esquerda

Sexta, 13 de Novembro de 2015, 14:47 h

 

Nesta sexta-feira (13), o SENGE-RJ realizou mais uma edição do Café & Política, mesa de debates promovido pelo Sindicato.  Os convidados desta edição foram a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e o historiador Valter Pomar.

Os dois explicaram que o Brasil vive um momento de crise econômica criada pela crise política e que é preciso pensar em uma solução a médio e longo prazo.

“Estamos em um sistema em que nem a direita nem a esquerda se reconhecem”, disse Valter Pomar. “Para a direita, não basta nos afastar (a esquerda). Implica também em reduzir o nível salarial da classe trabalhadora, implementar a terceirização, realinhar com os Estados Unidos”.

“O risco de impeachment é imediato. Hoje, a questão essencial é a questão democrática”, defendeu Jandira Feghali. “É preciso fazer um giro estrutural na política econômica e politizar o povo. Com Lula, nós aproximamos o povo da política, mas, mesmo assim, não o politizamos. E toda fez que a democracia se fragiliza, o fascismo cresce.”

Jandira, que participou pela primeira vez do Café & Política, ainda parabenizou a iniciativa do Sindicato.

“Estamos em um local onde se pode divergir porque aqui isso não é crime”, disse a deputada, se referindo ao momento em que vive o Congresso Nacional.

 

 

Voltar