Engenheiros sindicalizados estão dispensados

Profissionais da EMPRESA CEPEL podem entregar a carta de oposição até 21/11

Segunda, 18 de Novembro de 2013, 13:46 h

A contribuição Assistencial foi aprovada em assembleia, realizada no dia 8 de agosto, no Clube de Engenharia. Ela é referente à participação do SENGE-RJ nas negociações para o ACT 2013/2015, do Grupo ELETROBRAS. O valor aprovado, pelos trabalhadores, é de 3% (três por cento) do salário-base dos engenheiros regidos por este ACT. A contribuição será paga em três parcelas de 1% (um por cento) a partir de dezembro de 2013. Engenheiros sindicalizados estão dispensados da Contribuição Assistencial. 

No ACT 2013/2015, o SENGE-RJ teve despesas que atingiram o valor de R$ 34.626,17. Nestas estão incluídos as seguintes atividades: Encontro Nacional dos Trabalhadores de Furnas (ENTFU), reunião preparatória do Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), cinco reuniões de negociação/ conciliação com Eletrobras e TST - todas em Brasilia, o que implica em despesas de passagens de avião e hospedagem. Além de despesas com a mobilização no Rio de Janeiro (faixas, carros de som, camisetas e aluguel de auditórios). Cabe destacar que o Senge-RJ, neste ano, assumiu todas estas despesas da mobilização.

Além disso, a contribuição assistencial ajuda nos custos da manutenção e ampliação da estrutura e serviços do Sindicato, tais como: despesas com pessoal e infraestrutura (luz, água, telefone, computadores, comunicação com a categoria, transporte, sistemas de informática, serviço jurídico, serviço técnico do Dieese, cursos etc). Esta estrutura permite a assistência aos profissionais, que procuram diariamente nossa entidade. Cabe mencionar que os diretores do SENGE-RJ não recebem qualquer remuneração pelo sindicato. 

Os filiados ao SENGE-RJ, que estiverem em dia com as mensalidades sociais, estarão isentos da referida contribuição e não sofrerão desconto em folha. Para os não filiados, que desejarem se filiar, o valor da contribuição poderá ser utilizado para o abatimento das primeiras mensalidades sociais (informe-se diretamente no Sindicato);

Os profissionais da Eletrobras representados pelo SENGE-RJ não filiados, que não desejarem se filiar, e não concordarem com a Contribuição Assistencial, deverão entregar a carta de oposição, endereçada EXCLUSIVAMENTE ao SENGE-RJ. O documento deverá ser assinado e entregue pessoalmente nos dias 18, 19 e 21 de novembro de 2013, das 10h às 18h, na sede do Sindicato. E deve conter nome completo, nº da carteira e registro no Crea, CPF do profissional, UO, e o nº de matrícula na empresa. O endereço do SENGE-RJ é Av. Rio Branco, 277/905 – Setor de Negociações Coletivas. 

 

Para ler o boletim da Eletrobras sobre a Contribuição Assistencial, clique aqui.

 

Voltar