Filtros:


Eventos futuros

Orçamento de obras civis e serviços de engenharia

11/03/2019 - 11/04/2019

 

Público-alvo: engenheiros de diversos segmentos e arquitetos.

 

Conteúdo

Desenvolver uma concepção prática sobre orçamento de obras civis e serviços de engenharia de maneira a que o participante adquira um conjunto de conhecimentos e habilidades com relação aos conceitos, processos, ferramentas e técnicas demandadas por empreendimentos de construção e suas interfaces.

Os conceitos serão transmitidos de acordo com metodologia que mescla os conhecimentos técnicos consagrados na literatura e a experiência da docente, de forma a possibilitar um aprendizado atual e fundamentado. Neste sentido, a capacitação foi desenvolvida integrando teoria e prática.

 

Carga horária: 30 horas

 

Local: Av. Rio Branco, 277, 8° andar         

 

Programa

 

1. Temas abordados:

Fases de projeto, Projeto básico, Licitação (etapas e legislação), Identificação e quantificação de serviços, Estrutura analítica de Projeto (EAP), Mão de obra direta e Indireta, Encargos Sociais, Custo horário de equipamentos, Bonificação e Despesas Indiretas (BDI), Composição de preço unitário, elaboração de orçamento, Curvas ABC, Planilha de Preço Unitário (PPU), Demonstrativo de formação de Preço (DFP), Ferramentas computacionais de apoio a elaboração de orçamentos, Tabelas de referência salarial, Atualização de insumos e equalização de propostas, Banco de Dados e Introdução ao BIM 5D.

           

2. Parte prática

Será disponibilizado a todos os alunos versão DEMO estudantil de software de orçamento para instalação em computador pessoal. O aluno ao longo do curso terá acesso como usuário a uma ferramenta computacional de ponta, possibilitando elaborar ao longo do curso o orçamento completo de uma obra e gerar todos os relatórios necessários para análise.

 

- Será necessário o uso de notebook pessoal durante as aulas (a professora indicará quando deverão trazê-lo).

- Embora o exercício prático do treinamento seja voltado para a área de civil, o programa é interessante para diversos segmentos da engenharia.

 

Instrutora

Izabella Pessoa de Castro - Engenheira civil, Doutora em Ciência dos Materiais pelo Instituto Militar de Engenharia - IME, Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense - UFF, Pós-graduada em Gestão nos Negócios de Petróleo e Gás pelo Instituto Brasileiro de Petróleo – IBP e docente do curso de graduação em Engenharia Civil da UFF.

Atuou durante 35 anos no mercado como engenheira, em empresas de serviços de concretagem (CENTRALBETON do grupo Lafarge, SUPERMIX do grupo VOTORANTIM e CONCRETEX do grupo Holdercim), recuperação e reforço de estruturas (JATOCRET), orçamento de obras públicas (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro TJ-RJ, Departamento de Engenharia e Arquitetura do Estado do Ceará – DAE-CE), orçamento de lançamento de dutos submarinos “offshore” e recuperação e adequação de embarcações (PETROBRAS).

 

Investimento

Sócios do SENGE-RJ (aspirante e profissional): R$ 275,00

Profissionais regularizados no CREA-RJ: R$ 550,00

Demais profissionais: R$ 900,00

Pagamento em até 10x no cartão de crédito ou à vista por meio de boleto bancário.

ATENÇÃO: Para obter o desconto destinado a profissionais regularizados no CREA-RJ é necessário se cadastrar no site do SENGE-RJ, na categoria Profissional. Antes de se inscrever, acesse: https://www.sengerj.org.br/ para solicitar seu cadastramento. Se tiver dúvidas, escreva para capacitacao@sengerj2.org.br.

 

OBSERVAÇÕES:

- Todo o material didático é enviado por e-mail.

- A entidade se reserva o direito de cancelar ou adiar a atividade, caso não haja o mínimo de inscritos necessário à sua realização. Em caso de cancelamento, o profissional será informado por e-mail e o valor da inscrição será devolvido.

- A desistência do curso, após a confirmação da inscrição, implicará a perda total do valor investido.

 

DÚVIDAS: capacitacao@sengerj2.org.br

 

INSCREVA-SE AQUI

 

Orçamento de obras civis e serviços de engenharia

Inspeção e patologia de estruturas de concreto armado

11/03/2019 - 21/03/2019

Público-alvo: engenheiros civis.

 

Conteúdo

O curso abordará os conceitos mais modernos da construção civil em concreto armado: Patologia, Desempenho, Durabilidade, Terapia, Profilaxia, Diagnóstico, Vida Útil, Ciclo de Vida, ainda são insuficientemente abordados nos cursos de graduação em engenharia civil.

O objetivo é levar ao conhecimento dos alunos os temas citados de modo a capacitar, qualificar e aperfeiçoar os profissionais nesses novos conceitos que vem mudando os paradigmas da construção civil.

 

Carga horária: 32 horas

 

Local: Av. Rio Branco, 277, 17° andar

 

Programa

 

a. Tópicos de concreto armado

b. Conceito de Desempenho, Durabilidade e Vida Útil

c. Patologia das Estruturas

d. Corrosão de armaduras e ataque químico às estruturas de concreto

e. Degradação do concreto

f. Sintomatologia das estruturas de concreto: gênese da patologia; causas da deterioração; processos físicos de deterioração

g. Metodologia de Inspeção Estrutural

h. Programa de manutenção das estruturas

i. Recuperação, reforço e materiais de recuperação

j. Proteção das estruturas de concreto

 

Instrutores

 

Robson Gaiofatto - Engenheiro Civil, UCP, 1984;Doutor em Estruturas (D.Sc.) - COPPE/UFRJ, 1995;Pós Doutorado em Estruturas – COPPE/UFRJ – 2001/2002;Pós Doutorado em Concretos Especiais – UNICAMP – 2010/2011;Membro do FIB - Federation Internationale du Beton (Antigo CEB-FIP);Membro do ACI - American Concrete Institute;Membro do IABSE - International Association for Bridge and Structural Engineering;Membro da ABPE – Associação Brasileira de Pontes e Estruturas;Membro de ASCP – Associação Portuguesa para Segurança e Conservação de Pontes;Professor Adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (desde 2007); Responsável pelo laboratório de Estruturas e Materiais (LEMAT) da UCP, pesquisador da Escola de Engenharia da Universidade do Porto.

 

Manoel Lapa e Silva - Engenheiro Civil, UFRJ, 1975, com especialização em estruturas. É consultor e professor de Patologia de Edificações e Estruturas. Foi professor da PUC-Rio. Executa trabalhos de inspeção, diagnósticos de estruturas existentes, recuperação e reforço de estruturas e danos patológicos. De 1981 a 1991, como empregado de carreira da Nuclen – Nuclebras Engenharia, hoje Eletronuclear, atuou como engenheiro especialista em estruturas, no projeto das centrais nucleares de Angra II e Angra III. De 1974 a 1981, como especialista em estruturas de concreto armado,

concreto protendido e estruturas metálicas trabalhou nos projetos do Metrô-Rio, Ferrovia do Aço, Universidade de Argel, Anexo da Câmara dos Deputados, Teatro Nacional, STF, Edifício-Sede da Telebrás (projetos de Oscar Niemeyer). Foi primeiro vice-presidente do Clube de Engenharia no Rio de Janeiro e vice-presidente do CREA-RJ.

 

Tarcisio de Freitas Cardoso - Engenheiro Civil, UFRJ, 1980, com especialização em solos. Mestre em Engenharia Civil, PUC-Rio, na área de Dinâmica das Estruturas, em 2008. De 1982 a 2017, como empregado de carreira da Eletrobrás Termonuclear SA -  Eletronuclear, atuou como engenheiro especialista em dinâmica das estruturas e estruturas metálicas em projetos civis da CNAAA, Angra 1, Angra 2 e Angra 3. De 1994 a 1996 atuou na Alemanha, SIEMENS KWU, em estruturas metálicas e placas de ancoragem em concreto. De 2009 a 2017 atuou na Eletronuclear no setor de apoio de engenharia à operação das usinas de Angra 1 e Angra 2, sendo o responsável pela especificação e elaboração dos procedimentos de inspeção e manutenção das estruturas civis no escopo do desenvolvimento do Programa de Gerenciamento do Envelhecimento das estruturas civis de Angra 1. De 2011 a 2013 participou em Viena  do grupo de trabalho IGALL na área de estruturas civis, para a elaboração dos documentos Safety Report  Series Nr82 e Technical Document Series Nr 1736 relativos ao Gerenciamento do Envelhecimento de usinas nucleares. Em 2015 participou do grupo de trabalho da AIEA na área de estruturas civis para o programa SALTO na usina Laguna Verde, em Vera Cruz no México.

 

Cláudio Wilson Nóbrega - Mestre em Engenharia Civil, na área de Estruturas, em 1987. Engenheiro Civil, com ênfase em Estruturas, em 1979. Engenheiro da Petrobras e ex-Coordenador de Projetos da área de Gás e Energia. Professor de Concreto Armado na Universidade Petrobras e Professor do Cefet-RJ. A atuou como Consultor e Autor em diversos projetos estruturais. Foi Vice-Presidente e Diretor de Estudos e Projetos da Serla. No Clube de Engenharia, foi Diretor Técnico por duas gestões, Chefe da Divisão Técnica de Estruturas por duas gestões e Professor-convidado na Faculdade (“Fachhochshule”) de Engenharia Civil de Munique – Alemanha.

 

Investimento

Sócios do SENGE-RJ (aspirante e profissional): R$ 300,00

Profissionais regularizados no CREA-RJ: R$ 600,00

Demais profissionais: R$ 1000,00

Pagamento em até 10x no cartão de crédito ou à vista por meio de boleto bancário.

ATENÇÃO: Para obter o desconto destinado a profissionais regularizados no CREA-RJ é necessário se cadastrar no site do SENGE-RJ, na categoria Profissional. Antes de se inscrever, acesse: https://www.sengerj.org.br/ para solicitar seu cadastramento. Se tiver dúvidas, escreva para capacitacao@sengerj2.org.br.

 

OBSERVAÇÕES:

- Todo o material didático é enviado por e-mail.

- A entidade se reserva o direito de cancelar ou adiar a atividade, caso não haja o mínimo de inscritos necessário à sua realização. Em caso de cancelamento, o profissional será informado por e-mail e o valor da inscrição será devolvido.

- A desistência do curso, após a confirmação da inscrição, implicará a perda total do valor investido.

 

DÚVIDAS: capacitacao@sengerj2.org.br

 

INSCREVA-SE AQUI

 

Inspeção e patologia de estruturas de concreto armado

Aterramento elétrico (Básico)

13/03/2019

 

Público-alvo

Engenheiros e técnicos em eletrotécnica.

 

Conteúdo

Aprender sobre a teoria, tipos, formas de instalação, inspeção e medição ôhmica dos aterramentos.

 

Carga horária: 6 horas

 

Local: Av. Rio Branco, 277, 17° andar

 

Programa

 

1. Introdução sobre aterramentos;

- Objetivos;

- Função do aterramento (proteção pessoal, SPDA e proteção de equipamentos);

 

2. Normas NBR 5419/2015 e 5410/ 2004;

 

3. Tipos de aterramento;

- Hastes de aterramento (tipos, bitolas, materiais);

- Condutores;

- Conexões;

- Geometria;

- Espaçamento entre as hastes; e

- Esquemas de aterramento conforme a NBR 5410.

 

4. Resistência de Aterramento;

- Resistividade do Solo;

- Melhoria da Resistividade do Solo; e

- Medição da Resistência de aterramento conforme a NBR 15749/2009 (por queda de potencial e por corrente induzida).

 

5. Inspeções, conforme NRB 5419/2015;

 

6. Elaboração de Laudo Técnico.

 

Instrutor

Leonardo Rocha Domingues da Silva - Graduado em engenharia elétrica pelo CEFET-RJ (2006), pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Católica de Petrópolis em (2013), Mestrando em Desenvolvimento Local com ênfase em Energia Renovável pela UNISUAM, atua como professor de engenharia Elétrica pela UNESA, professor de engenharia de segurança do trabalho pelo IPETEC/UCP e Associação Brasileira de Prevenção de Acidentes (ABPA). Presta consultoria em diversas empresas na área elétrica e segurança do trabalho.

 

Investimento

Sócios do SENGE-RJ (aspirante e profissional): R$ 125,00

Profissionais regularizados no CREA-RJ: R$ 250,00

Demais profissionais: R$ 600,00

Pagamento em até 5x no cartão de crédito ou à vista por meio de boleto bancário.

ATENÇÃO: Para obter o desconto destinado a profissionais regularizados no CREA-RJ é necessário se cadastrar no site do SENGE-RJ, na categoria Profissional. Antes de se inscrever, acesse: https://www.sengerj.org.br/ para solicitar seu cadastramento. Se tiver dúvidas, escreva para capacitacao@sengerj2.org.br.

 

OBSERVAÇÕES:

- Todo o material didático é enviado por e-mail.

- A entidade se reserva o direito de cancelar ou adiar a atividade, caso não haja o mínimo de inscritos necessário à sua realização. Em caso de cancelamento, o profissional será informado por e-mail e o valor da inscrição será devolvido.

- A desistência do curso, após a confirmação da inscrição, implicará a perda total do valor investido.

 

DÚVIDAS: capacitacao@sengerj2.org.br

 

INSCREVA-SE AQUI

 

Aterramento elétrico (Básico)

Elaboração de laudo técnico de vistoria predial

25/03/2019 - 02/04/2019

 

Público-alvo

Profissionais graduados em engenharia com registro no CREA-RJ compatível com as atividades a serem exercidas.

 

Conteúdo

Orienta os profissionais na realização da autovistoria predial, apresentando informações técnicas e jurídicas sistematizadas por integrantes da própria equipe de instrutores.

O programa é construído a partir de uma perspectiva multidisciplinar, com ênfase no rigor técnico e na responsabilidade civil requeridos por esse tipo de inspeção.

 

Carga horária: 20 horas

 

Local: Av. Rio Branco, 277, 17° andar

 

Programa

 

Introdução

 

1. Leis: estadual, municipal, decreto e lei federal

1.1 A Lei Estadual 6400/2013, que desencadeou a realização da autovistoria predial

1.2 A Lei Municipal e suas considerações

1.3 A tratativa do Decreto

1.4 Preparando para a compreensão da Lei Federal

 

2. Escopo e metodologia

2.1 Características e formatação do escopo e aplicação da metodologia na autovistoria predial

 

3. Elaboração da ART

3.1 Como elaborar a ART nas diversas modalidades

4. Custo e elaboração da proposta

4.1 Aplicação dos valores e elaboração das propostas

 

Engenharia elétrica

 

1. Instalações elétricas

1.1 Inspeções nas instalações elétricas - NBR 5410 - Baixa tensão; NBR 5418 - Instalações à prova de explosão. Relato do tipo de entrada, termos nominais, tipo de medição e de proteção. Categoria e características dos quadros elétricos de entrada e distribuição; sistema do SPDA - sistema de proteção contra descargas atmosféricas conforme preconiza a NBR 5419 da ABNT.

1.2 Estudos de casos

 

Engenharia mecânica

 

1. Instalações eletromecânicas

1.1 Inspeções em elevadores: casa de máquinas, quadro de força, cabina/estrutura: pavimentos.

1.2 Escadas rolantes: maquinaria, degraus, segurança.

1.3 Estudos de casos

 

Engenharia mecânica, civil e de segurança do trabalho

 

1. Instalações de gás

1.1 Inspeção nas instalações de gás, instalações prediais e nas unidades

1.2 Normas e leis aplicáveis

1.3 Estudos de casos

 

2. Segurança contra incêndio e pânico predial

2.1 Inspeção na segurança contra incêndio e pânico

2.2 Decreto n° 897 e legislações complementares (COSCIP do CBMERJ)

2.3 Estudos de casos

 

Engenharia civil

 

1. Engenharia civil

1.1 Inspeções nas instalações hidrossanitárias; estrutura de concreto armado ou metálica; subsolos; fachadas; esquadrias; empenas; telhados; patologia estrutural.

1.2 Estudos de casos

 

Instrutores

 

Antonio Cesar Maciel - Engenheiro civil, elaborou diversos laudos de autovistoria - LTVP, atualmente trabalha como responsável técnico de um grande empreendimento no Rio de Janeiro.

 

Daniel Lopes Barboza - Engenheiro eletricista graduado pela Estácio de Sá, atuou durante 12 anos chefiando áreas técnicas de uma empresa multinacional. Atualmente trabalha como engenheiro de manutenção de um grande empreendimento no Rio de Janeiro.

 

José Aurélio Bernardo Pinheiro - Engenheiro civil graduado pela Escola de Engenharia da UFRJ, atuou durante 25 anos chefiando diversas áreas técnicas e comerciais da antiga CEG, hoje Gás Natural Fenosa. É professor da capacitação em autovistoria realizada pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro – Senge- RJ desde fevereiro de 2015.

 

Leonardo Heitor Richa Nogueira - Engenheiro civil graduado pela UFRJ, com pós-graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental pela UERJ, Engenharia de Segurança do Trabalho pela UFF e mestrado em Engenharia Ambiental pela UFRJ. Professor do MBA em Qualidade, Meio Ambiente e Segurança do SENAC; da pós-graduação em Engenharia de Segurança em Universidade Paulista e da pós-graduação em saneamento da UERJ.

Instrutor na Capacitação para Elaboração de Laudo Vistoria Predial, no módulo de Segurança Contra Incêndio, no SENGE-RJ. Instrutor no curso de Laudo Vistoria Predial das instalações hidrossanitárias no CREA-RJ e no SARJ.

Há 30 anos consultor em projetos de infraestrutura e sistemas de segurança e combate a incêndio; consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD; participou da elaboração de normas de segurança e saneamento para a ABNT; participa do Conselho de Meio Ambiente da FIRJAN; Conselheiro do CREA-RJ e coordenador adjunto da Câmara Especializada em Engenharia de Segurança do Trabalho; representou o CREA-RJ nos Conselhos Estadual e Municipal de Meio Ambiente e na Comissão Estadual de Controle Ambiental.

 

Luiz Antônio Fonseca Punaro Baratta - Engenheiro mecânico graduado pelo CEFET/RJ, com especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho pela UFF. É professor da capacitação em autovistoria realizada pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro – Senge- RJ desde novembro de 2014. Também é coordenador e conselheiro da Câmara de Engenharia Mecânica e Metalurgia do CREA-RJ.


OBSERVAÇÕES

Engenheiros e arquitetos são habilitados por lei a assinar os laudos gerais de autovistoria enviados à Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Os laudos internos a este, específicos de elétrica, civil, mecânica, gás e incêndio e segurança, só podem ser assinados por profissionais da especialidade correspondente, habilitados no CREA para tal.

 

Investimento

Sócios do SENGE-RJ (aspirante e profissional): R$ 225,00

Profissionais regularizados no CREA-RJ: R$ 450,00

Demais profissionais: R$ 700,00

Pagamento em até 10x no cartão de crédito ou à vista por meio de boleto bancário.

ATENÇÃO: Para obter o desconto destinado a profissionais regularizados no CREA-RJ é necessário se cadastrar no site do SENGE-RJ, na categoria Profissional. Antes de se inscrever, acesse: https://www.sengerj.org.br/ para solicitar seu cadastramento. Se tiver dúvidas, escreva para capacitacao@sengerj2.org.br.

 

OBSERVAÇÕES:

- Todo o material didático é enviado por e-mail.

- A entidade se reserva o direito de cancelar ou adiar a atividade, caso não haja o mínimo de inscritos necessário à sua realização. Em caso de cancelamento, o profissional será informado por e-mail e o valor da inscrição será devolvido.

- A desistência do curso, após a confirmação da inscrição, implicará a perda total do valor investido.

 

DÚVIDAS: capacitacao@sengerj2.org.br

 

INSCREVA-SE AQUI

 

Elaboração de laudo técnico de vistoria predial

Elaboração do plano de manutenção, operação e controle de ar condicionado (PMOC)

26/03/2019 - 27/03/2019

 

Público-alvo: engenheiros e técnicos de ar condicionado.

 

Conteúdo

Propiciar que os engenheiros  da área de manutenção de sistemas de ar condicionado estejam qualificados  a compreender,  elaborar o plano de manutenção, operação e controle de ar condicionado, tendo em vista disposto em lei.

 

Carga horária: 6 horas

 

Local: Av. Rio Branco, 277, 8° andar

 

Programa

 

•PMOC – Plano de Manutenção, Operação e Controle

•Histórico

•Embasamento legal

•Referências bibliográficas técnicas

•Responsabilidade Técnica e Legal

•Requisitos necessários

•Como obter  as informações

•Elaboração do PMOC

•Modelo

•Rotinas recomendadas

 

Instrutores

 

Jorge Luís da Rocha Ferreira - Engenheiro mecânico, mestre em engenharia mecânica, professor universitário, engenheiro da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro.

 

Hedio Dias do Carmo - Subgerente de Monitoramento e Controle do Ar em Ambientes Climatizados da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses do Município do Rio de Janeiro.

 

Investimento

Sócios do SENGE-RJ (aspirante e profissional): R$ 150,00

Profissionais regularizados no CREA-RJ: R$ 300,00

Demais profissionais: R$ 500,00

Pagamento em até 5x no cartão de crédito ou à vista por meio de boleto bancário.

ATENÇÃO: Para obter o desconto destinado a profissionais regularizados no CREA-RJ é necessário se cadastrar no site do SENGE-RJ, na categoria Profissional. Antes de se inscrever, acesse: https://www.sengerj.org.br/ para solicitar seu cadastramento. Se tiver dúvidas, escreva para capacitacao@sengerj2.org.br.

 

OBSERVAÇÕES:

- Todo o material didático é enviado por e-mail.

- A entidade se reserva o direito de cancelar ou adiar a atividade, caso não haja o mínimo de inscritos necessário à sua realização. Em caso de cancelamento, o profissional será informado por e-mail e o valor da inscrição será devolvido.

- A desistência do curso, após a confirmação da inscrição, implicará a perda total do valor investido.

 

DÚVIDAS: capacitacao@sengerj2.org.br

 

INSCREVA-SE AQUI

 

Elaboração do plano de manutenção, operação e controle de ar condicionado (PMOC)