"Buscar identidade nacional é o principal caminho para a soberania", afirma Fernando Brito

Jornalista participou da primeira mesa do III Simpósio SOS Brasil Soberano, nesta quinta-feira (08), em Belo Horizonte

Quinta, 08 de Junho de 2017, 15:09 h

Foto: Alessandro Carvalho

 

Por Marine Moraes - SENGE-PE

 

A busca de uma identidade nacional, como principal caminho para o alcance da soberania, foi a proposta levantada pelo jornalista Fernando Brito, no III SOS Brasil Soberano, que acontece, neste dia 8, em Belo Horizonte. Segundo o jornalista, não é possível enfrentar a crise sem a ideia de nacionalismo, sem um projeto de nação.

Para o jornalista, a falta de compreensão do grande capital das riquezas do país é uma grande dificuldade para alcançar esta identidade única. “O brasileiro não consegue entender que temos uma população, temos um território, coisas que nos equiparam ao restante do mundo. Vamos deixar isso parado? Vamos cultuar a ideia que o progresso é apenas institucional? ”, questionou. “A gente sempre teve preços ridículos em relação a produção agrícola, o que obriga a retirada em grande quantidade, a extração de produtos agrícolas e a extração mineral, sem a devida valorização. O que acaba sendo uma situação desastrosa. Nunca enxergamos uma forma de alavancar, de valorização”.

Como caminho para o alcance da construção de uma identidade nacional, Fernando Brito aponta para a disputa de ideias. De acordo com ele, o povo brasileiro precisa compreender que esse não é um país de todos, e que a miséria é extremamente importante para a classe econômica.

Para o jornalista, o Brasil alcançou um patamar diferenciado de desenvolvimento, a partir de 2002, ao promover a inclusão social. “Nós não estamos propondo nada que não seja comprovável. Olhando para 4 ou 5 anos atrás, você viu, você sabe, você não precisa que ninguém comprove para você. Você é testemunha de que o país é capaz de funcionar, é capaz de se desenvolver”, finalizou.  

Voltar