Inspeção e patologia de estruturas de concreto armado

Inscrições até 18 de julho

Terça, 25 de Junho de 2019, 17:09 h

 

Público-alvo: engenheiros civis.

 

 

Conteúdo

O curso abordará os conceitos mais modernos da construção civil em concreto armado: Patologia, Desempenho, Durabilidade, Terapia, Profilaxia, Diagnóstico, Vida Útil, Ciclo de Vida, ainda são insuficientemente abordados nos cursos de graduação em engenharia civil.

O objetivo é levar ao conhecimento dos alunos os temas citados de modo a capacitar, qualificar e aperfeiçoar os profissionais nesses novos conceitos que vem mudando os paradigmas da construção civil.

 

 

Carga horária: 32 horas

 

 

Local: Av. Rio Branco, 277, 8° andar 

 

 

Programa

 

a. Tópicos de concreto armado

b. Conceito de Desempenho, Durabilidade e Vida Útil

c. Patologia das Estruturas

d. Corrosão de armaduras e ataque químico às estruturas de concreto

e. Degradação do concreto

f. Sintomatologia das estruturas de concreto: gênese da patologia; causas da deterioração; processos físicos de deterioração

g. Metodologia de Inspeção Estrutural

h. Programa de manutenção das estruturas

i. Recuperação, reforço e materiais de recuperação

j. Proteção das estruturas de concreto

 

 

Instrutores

 

 

Robson Gaiofatto - Engenheiro Civil, UCP, 1984;Doutor em Estruturas (D.Sc.) - COPPE/UFRJ, 1995;Pós Doutorado em Estruturas – COPPE/UFRJ – 2001/2002;Pós Doutorado em Concretos Especiais – UNICAMP – 2010/2011;Membro do FIB - Federation Internationale du Beton (Antigo CEB-FIP);Membro do ACI - American Concrete Institute;Membro do IABSE - International Association for Bridge and Structural Engineering;Membro da ABPE – Associação Brasileira de Pontes e Estruturas;Membro de ASCP – Associação Portuguesa para Segurança e Conservação de Pontes;Professor Adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (desde 2007); Responsável pelo laboratório de Estruturas e Materiais (LEMAT) da UCP, pesquisador da Escola de Engenharia da Universidade do Porto.

 

 

Manoel Lapa e Silva - Engenheiro Civil, UFRJ, 1975, com especialização em estruturas. É consultor e professor de Patologia de Edificações e Estruturas. Foi professor da PUC-Rio. Executa trabalhos de inspeção, diagnósticos de estruturas existentes, recuperação e reforço de estruturas e danos patológicos. De 1981 a 1991, como empregado de carreira da Nuclen – Nuclebras Engenharia, hoje Eletronuclear, atuou como engenheiro especialista em estruturas, no projeto das centrais nucleares de Angra II e Angra III. De 1974 a 1981, como especialista em estruturas de concreto armado,

concreto protendido e estruturas metálicas trabalhou nos projetos do Metrô-Rio, Ferrovia do Aço, Universidade de Argel, Anexo da Câmara dos Deputados, Teatro Nacional, STF, Edifício-Sede da Telebrás (projetos de Oscar Niemeyer). Foi primeiro vice-presidente do Clube de Engenharia no Rio de Janeiro e vice-presidente do CREA-RJ.

 

 

Tarcisio de Freitas Cardoso - Engenheiro Civil, UFRJ, 1980, com especialização em solos. Mestre em Engenharia Civil, PUC-Rio, na área de Dinâmica das Estruturas, em 2008. De 1982 a 2017, como empregado de carreira da Eletrobrás Termonuclear SA -  Eletronuclear, atuou como engenheiro especialista em dinâmica das estruturas e estruturas metálicas em projetos civis da CNAAA, Angra 1, Angra 2 e Angra 3. De 1994 a 1996 atuou na Alemanha, SIEMENS KWU, em estruturas metálicas e placas de ancoragem em concreto. De 2009 a 2017 atuou na Eletronuclear no setor de apoio de engenharia à operação das usinas de Angra 1 e Angra 2, sendo o responsável pela especificação e elaboração dos procedimentos de inspeção e manutenção das estruturas civis no escopo do desenvolvimento do Programa de Gerenciamento do Envelhecimento das estruturas civis de Angra 1. De 2011 a 2013 participou em Viena  do grupo de trabalho IGALL na área de estruturas civis, para a elaboração dos documentos Safety Report Series Nr82 e Technical Document Series Nr 1736 relativos ao Gerenciamento do Envelhecimento de usinas nucleares. Em 2015 participou do grupo de trabalho da AIEA na área de estruturas civis para o programa SALTO na usina Laguna Verde, em Vera Cruz no México.

 

 

Cláudio Wilson Nóbrega - Mestre em Engenharia Civil, na área de Estruturas, em 1987. Engenheiro Civil, com ênfase em Estruturas, em 1979. Foi engenheiro concursado da PETROBRAS, onde atuou como Coordenador de Projetos na área de Gás e Energia, como engenheiro estrutural em projetos tais como COMPERJ e ampliações da REDUC e do CENPES, e como Coordenador de Cursos na UNIVERSIDADE PETROBRAS, onde foi professor do curso de concreto armado. É professor e ex-Coordenador de Cursos do CEFET-RJ. Atuou como consultor e autor em diversos projetos estruturais em concreto armado. Foi Vice-Presidente, Diretor de Estudos e Projetos e Chefe da Divisão de Solos e Estruturas da SERLA. Foi engenheiro e Chefe do Serviço de Estruturas Hidráulicas do DNOS, onde elaborou e revisou projetos de galerias de macrodrenagem, canais, barragens e pontes. Possui trabalhos publicados pelo DNOS, PETROBRAS e pelos Congressos do IBRACON e da ABPE. Professor-convidado na “Fachhochshule München” (Faculdade de Munique), Alemanha, de novembro de 1992 a fevereiro de 1993. Membro de Grupo de Trabalho Interministerial, em 1988, que normatizou procedimentos preventivos e de manutenção voltados à segurança das barragens existentes no País.  É membro vitalício do Conselho Diretor do Clube de Engenharia, onde foi Diretor Técnico por duas gestões.

 

 

Investimento

Sócios do SENGE-RJ (aspirante e profissional): R$ 300,00

Profissionais regularizados no CREA-RJ: R$ 600,00

Demais profissionais: R$ 1000,00 

Pagamento em até 10x no cartão de crédito ou à vista por meio de boleto bancário.

 

 

Descontos

 

Sócios: para obter o desconto destinado aos sócios do sindicato, o profissional deve ser filiado ao Senge-RJ há pelo menos 1 ano e estar em dia com suas contribuições sociais. No caso de sócios com menos de 1 ano de filiação, podem obter desconto sem carência desde que paguem, antecipadamente, 12 meses de contribuições sociais;

 

Profissionais regularizados no CREA-RJ: para obter o desconto destinado a profissionais regularizados no CREA-RJ é necessário se cadastrar no site do SENGE-RJ, na categoria Profissional. Antes de se inscrever, acesse: https://www.sengerj.org.br/ para solicitar seu cadastramento. Se tiver dúvidas, escreva para capacitacao@sengerj2.org.br.

 

 

 

OBSERVAÇÕES:

- A entidade se reserva o direito de cancelar ou adiar a atividade, caso não haja o mínimo de inscritos necessário à sua realização. Em caso de cancelamento, o profissional será informado por e-mail e o valor da inscrição será devolvido. 

- A desistência do curso, após a confirmação da inscrição, implicará a perda total do valor investido.

 

 

 

DÚVIDAS: capacitacao@sengerj2.org.br

 

 

 

INSCREVA-SE AQUI

 
 

Voltar