Enel e sindicatos apresentam novos termos para negociação

Conheça as propostas em debate entre os sindicatos e a empresa

Quarta, 04 de Dezembro de 2019, 13:11 h



Negociação Coletiva – Senge RJ/Enel
 
Na última quarta-feira (27/11), SENGE RJ, STIEEN, SIEPAR e STIEENNF reuniram-se com representantes da ENEL para discutir o ACT 2019/2021. Após rejeição da primeira contraproposta por parte dos sindicatos, e de alterações sugeridas pela empresa no início da reunião, a Enel fechou o dia com uma nova proposição. Os sindicatos também apresentaram suas reivindicações, e aguardam posicionamento da empresa até amanhã (5/12).
 
Novo pacote oferecido pela empresa
  • a) aplicação de 100% do INPC para reajuste dos salários e benefícios econômicos previstos no ACT, sobre o salário de setembro de 2019, a partir de janeiro de 2020 (sem mudança com relação à proposta anterior);
  • b) abono de R$ 2.500,00 (em dinheiro) + 14% do salário base como forma de compensação da não incidência do INPC sobre os salários de outubro, novembro e dezembro e 13o;
  • c) validade da proposta por 2 anos; ou seja, não há possibilidade de aditivo no meio do período do ACT (sem mudança com relação à proposta anterior).
Em resposta, os sindicatos solicitaram que a empresa avalie a seguinte possibilidade.
 
Solicitação dos sindicatos
 
  • a) aplicação de 100% do INPC para reajuste dos salários e benefícios a partir de janeiro de 2020, conforme já proposto;
  • b) abono de R$ 2.500,00 (em dinheiro) + R$ 1.500,00 (em ticket) ou 30% do salário base, o que for maior;
  • c) 13% do salário base como forma de compensação da não incidência do INPC sobre os salários de outubro, novembro e dezembro e 13o;
  • d) Reajuste de 5% do auxílio-refeição.
 
 
Mantenha seu cadastro atualizado e fique atento a novas informações!
 
Senge RJ 
negociacao.coletiva@sengerj2.org.br
Tel.: (21) 3505-0717 e (21) 99458-1297 (Whatsapp) - atualize seu número de celular junto ao Senge-RJ para receber nossas notificações.
 

Voltar