Em nota, Intersindical critica desrespeito da INB com os trabalhadores

Os sindicatos pediram o estabelecimento urgente de negociações

Quarta, 04 de Dezembro de 2019, 13:45 h

INB-Resende/RJ - Foto: INB

Nota da Intersindical referente às Indústrias Nucleares do Brasil (INB) sobre o ACT 2019/2020
 
03/12/2019
 
Mais uma vez a empresa vem com a atitude de desrespeito com o conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras da INB. 
 
Desde 5 de setembro, os sindicatos apresentaram a pauta de reivindicações com vistas ao ACT 2019/2020, democraticamente aprovada nas assembleias. Desde então, os “paus mandados” da empresa não se dignaram a realizar negociação detalhada da proposta apresentada. Tão somente apresentaram uma tal “diretriz” que excluía direitos e zerava a reposição do índice inflacionário.
 
Registre-se, dentre outras maldades, a retirada das horas extras dos trabalhadores de turno em Buena/RJ e todos os adicionais desses trabalhadores, provocando “um nó” na cabeça dos operadores, que estão procurando o que fazer em outras áreas. Além disso, não se preocupam com a questão social (entre família), muito menos com a saúde dos empregados, principalmente aqueles que iriam trabalhar no horário de 00 hora às 06 horas.
 
Agora, 02 de dezembro, apresentaram aos sindicatos uma proposta insuficiente, que confirma o desrespeito com os sindicatos e, o que é muito pior, demonstrando, com tudo isso, o total desprezo pelos trabalhadores da INB.
Nesse sentido, estamos encaminhando à direção da INB uma solicitação urgente de estabelecimento de negociações. 
 
É estranho, também que, apesar desse governo estar atuando, fortemente, no agravamento das condições de trabalho, da perda significativa de direitos trabalhistas, em nenhuma outra estatal a proposta de ACT é tão ruim como a da INB.
 
Na INB, querem amedrontar os trabalhadores, levando ao pé da letra aquela frase, dita pelo presidente deles: “Mais direitos…., menos emprego”.
 
Mantenha-se atento e mobilizado. Só a participação dos trabalhadores nos atos e manifestações será capaz de enfrentar a dura proposta de redução de direitos e perda de poder de compra dos salários que nos quer impor esse governo e a atual administração da INB.
 
Clique no link abaixo para ler ou baixar cópia protocolada do ofício encaminhado à INB.
 

Intersindical INB – QUIMSULF, SINDIMINA-RJ, METABASE, SINDMINE, SINAERJ, SENGE RJ, SINDECON-RJ, SINSERJ
 
Senge RJ
Email: negociacao.coletiva@sengerj2.org.br
Tel.: (21) 3505-0717 e (21) 99458-1297 (Whatsapp) - atualize seu número de celular junto ao Senge-RJ para receber nossas notificações.
 

Voltar